Principal » Beneficiários » Comunicado

Nota de esclarecimento aos funcionários públicos da Prefeitura Municipal do Guarujá

Nota de esclarecimento aos funcionários públicos da Prefeitura Municipal do Guarujá

Estamos sim, em fase de Alienação de Carteira, mas acreditamos que isso não deve e não vai abalar nosso relacionamento com nossos beneficiários de Planos de Saúde, nossos clientes. A ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, vem enxugando o mercado de Saúde Privada no Brasil. Eram 4.500 há alguns anos e hoje são pouco mais de 800 empresas. A Unimed do Guarujá vem enfrentando dificuldades por imposição de alto valor de reservas em dinheiro pela ANS, que está guiando nossos próximos passos. Não há motivo para pânico e continuamos com nossos consultórios abertos para os atender. Em caso de dúvida acesse FALE CONOSCO, no site ou ligue 13-33898900, onde recebemos reclamações, críticas, sugestões, elogios e avaliamos tudo, caso a caso.

 

Pena que não nos convidaram para a reunião do SINDSERV no dia 15, para que passássemos pessoalmente os esclarecimentos aos funcionários públicos.

Informaríamos que o SINDISERV está na nossa lista de maiores devedores, o que atrapalha e muito nossa vida financeira. Há débito de cerca de R$150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) cobrados pelo processo nº 0003481-69.2009.8.26.0223, que em breve o Judiciário ordenará o pagamento. De outra cobrança por protesto, que o Sindicato pagou o valor principal de mais de R$ 228.000,00 (processo nº 1001116-49.2014.8.26.0223), estamos cobrando a diferença de correção monetária, multa e juros, em valor superior a R$ 37.300,00.

 

Ainda buscamos créditos decorrentes de reajustes técnicos que serão resolvidos no processo nº 4002973-16.2013.8.26.0223.

 

Na ação monitória, processo nº 1006492-79.2015.8.26.0223, onde o SINDSERV ofertou o prédio de sua sede para penhora, cobramos valores que já foram protestados no total de R$ 527.207,36.

 

São mais de R$ 700.000,00 só em ações judiciais em curso, mas vamos realizar outras cobranças, pois o SINDSERV não paga, paga errado, não cumpre decisões judiciais e resolve se dar descontos nos pagamentos sem respaldo em contrato ou na lei.

 

A Unimed do Guarujá não interrompeu os contratos em razão de decisões judiciais e em respeito ao funcionário público, mas garantimos que vamos cobrar todos os centavos de Real devidos, bloqueando contas, penhorando imóveis, veículos e o que mais for necessário para receber os valores que o SINDSERV, por sua Diretoria, resolveu não pagar.

 

Resolvemos informar a você, funcionário público, que poderá consultar os processos pela internet, consultar seu advogado, um advogado amigo ou o advogado do Sindicato, na busca de saber porque o SINDSERV não paga e porque cobramos.

 

Seja parte da solução e não dos problemas que nos causam e que causarão a você em futuro bem próximo, afinal alguém vai pagar a conta.

 

Unimed do Guarujá Cooperativa de Trabalho Médico